Moedas!

Bem, eu não sou o tipo do cara que gosta de andar com moedas, mas é sempre interessante ver moedas diferentes daquelas que você está acostumado a sua vida inteira (e aqui, ao menos por enquanto, toda e qualquer moeda tá valendo pra mim. Dinheiro, hahaha).

Decidi mostrar algumas das moedas que tenho hoje aqui. Tentei pegar uma de cada, mas durante todo esse primeiro mês aqui, eu nunca recebi uma moeda de 50 centavos e não imagino um dia que terei uma de 1 centavo, uma vez que a moeda não é mais produzida (como no Brasil) e os próprios sistemas de caixa aqui fazem o “round change” e cortam ou adicionam os centavos no teu troco.

Bem, vamos as moedas 🙂

2 dólares:

Image

a coroa da moeda.

Image

A cara da moeda. Apesar que em uma delas a rainha tá coroa 😛

A moeda da direita é uma edição especial. Acho que sempre eu recebo uma moeda diferente por aqui e acabo usando. Dessa vez guardei algumas.

1 dólar:

2014-03-02 11.47.58

A moeda normal tem o pato canadense, um dos animais símbolo do país

2014-03-02 11.48.23

De novo a rainha cara e a rainha coroa 😛 Muita moeda velha circula pelo país.

25 cents:

2014-03-02 11.49.27

O alce na moeda de 25 centavos

2014-03-02 11.49.44-1

Eu tenho uma moeda comigo que ela tá jovem, mas postei só essa, pq a “edição especial” era uma de 50 anos, que não tinha mudanças significativas pra entrar no post

10 cents:

2014-03-02 11.53.36

Não há foco que faça entender o que tá escrito na faixa abaixo das 3 faces e acima do sol. Um doce pra quem entender na foto ou na moeda (Não vale olhar no google).

2014-03-02 11.55.20

Veja que na moeda especial, o valor de 10 cents está escrito junto da face da rainha, o que não é o padrão nas moedas normais.

5 cents:

2014-03-02 11.50.07

BEEEAAAAVEEEEEER!

2014-03-02 11.50.26

Agora eu entendo pq os Quebecoanos querem independência. Um bando de francês tendo que ver a cara da rainha todo santo dia nas moedas não deve ser legal. XD

Bem, ficou faltando a moeda de 50 cents e a de 1 cent. Elas são legais e tenho um gosto pela de 1 só pq tem uma Maple Leaf nela. 🙂

No geral, os símbolos canadenses são postos nas moedas (o urso, o pato, o alce, o castor, a folha de maple, o Bluenose, um veleiro famoso aqui e o brasão do país), o que é legal de obsevar, comparando a moeda brasileira, que a face onde fica o valor, tem apenas o valor com algumas estilizações, sem nenhum outro símbolo.

As moedas de centavo canadenses tem a mesma medida das moedas americanas e esporadicamente você pode receber uma moeda americana no lugar de uma canadense por aqui.

Acho que tá bom por hoje. Té a próxima 🙂

Vida nova, Canadá, blog começando

Oi,

Eu tenho um post de boas-vindas aqui, que foi há mais de dois anos. Não mudei muita coisa dos meus gostos de uma forma geral, porém minha vida mudou bastante. Agora tenho 24 anos pra começar 😛

Abri uma empresa com amigos, (esse post é da época que estávamos ensaiando abrir uma empresa), ganhamos editais do governo (que até hoje não vimos um centavo entrar na nossa conta), saí do meu emprego no hospital, comecei a trabalhar numa startup, o projeto original não vingou porém foi aportada para outro projeto que está vingando e recentemente fiz um grande movimento na minha vida: Mudei pro Canadá.

Tudo começou quando a verba do projeto que inicialmente trabalhava na startup (Apimenti, grandes caras, dá um clique e olha o que a gente já aprontou), ficou bloqueada por burocracias governamentais e me vi sem dinheiro. Comecei a procurar alternativas de como sobreviver (uma vez que você começa a ganhar dinheiro, você não quer mais depender de seus pais). Meus planos eram de me jogar em algo no qual eu usasse ativamente meu inglês pra melhorar. Sim, eu sou louco e sempre faço as coisas do jeito mais difícil.

Vi dois caminhos que comecei a tentar:

1 – TopTal, uma plataforma de trabalho digital. Você programa de casa para clientes. Não é fácil entrar, há vários testes e o nível é alto, porém tem uma alta recompensa financeira, uma vez que você é pago em dólar e programa do conforto do seu computador onde preferir estar.

2 – AIESEC, uma plataforma de intercâmbio mundial, que tem dois principais tipos de programa: Intercâmbio cultural e profissional. Needless to say, escolhi o segundo.

Depois de muitas entrevistas por Skype, fui escolhido para dois empregos e pude escolher o que melhor fosse. Um deles era em Kuala Lumpur, Malásia e o outro era em Calgary, Canadá. A empresa canadense era mais lúdica, me deu uma esperança de poder me tornar morador efetivo canadense (um sonho antigo) e pagava melhor, então, decidi que viria para o Canadá.

Esse resultado foi no meio de setembro e muito problema aconteceu de lá pra cá até eu ter meu visto em mãos e poder, enfim, viajar. A história é grande e deixo pra outro post.

Entre setembro até a viagem, continuei trabalhando pra conseguir uma grana a mais pra viagem junto com o pessoal da Apimenti num projeto de contabilidade simplificada e online, a Agilize. Grande projeto, grandes cabeças envolvidas e eu ali, de penetra. 🙂
Torço bastantes por esses caras, eles sempre foram legais comigo e o time é bom demais pra não dar certo.

Bem, cheguei, prometi a mim mesmo que manteria um blog enquanto eu estivesse na experiência do intercâmbio e só agora, depois de 15 dias no frio congelante é que eu estou escrevendo pela primeira vez. Esses 15 primeiros dias foram intensos e legais. Fiz amigos de diferentes partes do planeta, estou me situando no trabalho (estou indo bem até) e já tenho bastante coisa pra escrever mesmo com apenas 15 dias aqui.

Vou tentar bater bastante foto das coisas e ir ilustrando as próximas postagens daqui pra frente. Abraços!

Trabalhando com SEO

Bem, eu hoje comecei a entrar no mundo do SEO na prática, depois de ter lido várias coisas sobre, resolvi me arriscar nisso e ver um filho nascer na primeira página do Google.

Meu amigo Adewale está desenvolvendo site do pai dele, o http://www.legalicc.com, que é um site de consultoria internacional. Bem, para os negócios alavancarem, é extremamente necessário que o site seja bem posicionado no Google, e hoje sentamos e aprendemos bastante (até mais do que eu li). A prática sempre é um meio interessante de aprendizado.

Existem alguns plugins e sites que ajudam bastante a entender o que seu site peca para ser encontrado. Uma boa ferramenta é o SEO Tools, uma extensão para o Google Chrome.

Um bom site para referências nacionais é o Mestre SEO.

Segunda fase do Prêmio Santander

Oi gente,

hoje recebi uma notícia super legal. Há pouco tempo atrás rolou inscrição do prêmio Santander de Universidades, onde seriam aceitos projetos de empreendorismo. Então, uma ideia que eu e meus amigos-sócios tivemos virou a base para um projeto, que o Maurício escreveu (ele é bom pra bolar textos, virou o escriba :P)

 

imagem-santander-emprendedorismo

Bem, voltando a notícia, soube hoje que eu e meus amigos passamos para a segunda fase do projeto! 🙂 O que isso significa? Trabalho, suor e escrita, temos que criar um projeto de 20 páginas em cima do anteprojeto que mandamos para eles. Parece fácil? Parece. Mas temos que nos preocupar com como ele vai ficar pois esse prêmio é uma competição, né?

Provavelmente em algum momento eu vou postar sobre o projeto, mas eu acho que esse ainda não é o momento.

Enfim, por enquanto é isso. O próximo post provavelmente vai ser algo nada a ver com esse daqui, heuheueheueh.

echo “Hello World”;

Bem, criei um blog de verdade dessa vez. Fiz um ensaio de criar um blog há muito tempo atrás no blogspot mas ele acabou virando ferramenta de testes de aplicativos e muita besteira ficou por lá. Não acho que precise apagar, já que aquilo de certa forma marca um momento de minha vida (momento tosco, mas vá lá, vamos ignorar :))

Me apresentando, sou o Joao Paulo (conhecido como Loro por muitos e muitos anos), 22 anos (no momento em que escrevo esse post), de Salvador e gosto de computadores. Gosto de uma gama de coisas também, como música (apesar de não saber tocar nada direito, por não ter tido paciência de aprender (e agora não ter tempo), jogos e uma série de outras coisas que quem ler isso aqui pode descobrir ou não. Mas, fundamentalmente, minha paixão é computador e minha profissão também. Estudo computação e trabalho na área de desenvolvimento.

Minha ideia de criar um blog foi para escrever aquilo que se passa ao meu redor ou na minha frente (ou apenas na minha cabeça) que eu sempre quis falar para todo mundo, mas não simplesmente abro a boca e falo pra não parecer chato. Ao menos num blog lê quem quer e ainda assim, dá pra ser seletivo.

Aqui vai rolar (quase) tudo. De profissional a lúdico, de sério a cômico, de nerd a pop… Enfim, espero que gostem e/ou se divirtam com o que vai rolar por aqui 🙂

Até o próximo post,